Resenha - O Trio - Alane S. A. Brito


Sinopse:

“Davi ainda precisou de uns instantes para organizar mentalmente o enredo da história... De fato, para ele mesmo, seria muito bom expor suas lembranças e assim, após tantos anos, alguém mais saberia quão especial ele considerava ter sido a sua infância..." Davi achava que seus piores problemas seriam dividir o forte sentimento que ele e seus dois amigos, Nelson e Jordan, nutriam pela mesma menina e tentar tornar a conturbada vida de um deles menos sofrida. Até que ao completarem dezoito anos a pequena vila no meio do nada onde moravam é invadida por homens violentos. É quando começa o maior desafio de suas vidas... Davi e Nelson conseguem fugir com mais alguns e, após se deparar com o sofrimento do amigo, Davi sente-se obrigado a retornar ao palco do grande massacre para resgatar Jordan. Para levarem ajuda aos outros sobreviventes que estão aprisionados, os três terão que juntar forças com seus desafetos, a fazer difíceis escolhas, e acabam descobrindo que, no fundo de suas almas, guardam uma grande garra e coragem jamais experimentados por nenhum deles... Existem erros tão graves que jamais possam ser perdoados? Abriria mão de um verdadeiro amor por causa de uma grande amizade? Descubra nessa história que é uma grande lição de amor, amizade e perdão...

Minha Opinião:
 
"Nada acontece em vão realmente. Sofrimentos, alegrias, decepções, tudo tem um sentido, e cabe a nós tentar compreender o que está nos ensinando. Não adianta querer apressar o desfecho de nada, pois, sem dúvida, tudo acontece quando tem que acontecer." Pág. 510

Quem lê a frase acima pensa se tratar de um livro de autoajuda porém, O Trio não é um autoajuda apesar de conter em suas 510 páginas uma belíssima mensagem de confiança, amizade, lealdade e perseverança. Nem autoajuda, nem fantasia, nem sobrenatural, é bem melhor do que isto, é uma impressionante história de 3 amigos que de tão rica em detalhes chega a quase parecer real, você chega ao ponto de confundir a história com a realidade e os personagens passam a fazer parte do seu dia e quando você menos espera, se pega pensando neles, eu cheguei a sonhar com o livro.
A sinopse do livro deixa bem explícita sobre o que se trata a história, quem a leu pode ter uma boa visão da trama, eu só gostaria de acrescentar o fato de Jordan, um dos melhores amigos de Davi passar praticamente toda sua juventude sendo apontado por crimes que não deixavam dúvida de que ele era o culpado por cada um deles, os únicos que nunca duvidaram de Jordan foram Davi e Nelson, a prova de amizade que o rapaz recebe chega a ser emocionante mesmo que ele possa ser mesmo o culpado dos terríveis acontecimentos da Vila Valentino Duarte, o lugar onde vivem. Por falar na Vila, lá não existia televisão, rádio, luz elétrica, modernidade, conforto e nem abundância de forma alguma, era composta por um povo simples ao extremo, humilde, mas de bom coração. Valentino Duarte no livro localiza-se no interior do estado de Goiás, distante de qualquer civilização, no meio do nada e sem ligação com cidade alguma, para se chegar a outro povoado era preciso um dia inteiro de viagem. E é lá nesta Vila afastada do mundo que a mais bela história de humildade, sofrimento, amor, confiança e sobrevivência se passa.
A diagramação do livro é um espetáculo à parte, enquanto você vai avançando na leitura vai encontrando lindos desenhos feitos pela própria autora e que nos ajudam muito a ter uma melhor ideia de como são os personagens fisicamente.
Bom, sempre acho difícil escrever resenha de um livro que eu goste muito, não adianta, a impressão de que meus escritos não chegarão aos pés da obra é sempre bem presente e desta vez não foi diferente, terminei de ler O Trio já há 4 dias e relutei em sentar na frente do pc com medo de não conseguir deixar aqui meu real sentimento do livro....sinceramente não sei se consegui....
Desta vez eu fiz uma resenha diferente, normalmente eu falo bastante do livro em si, da trama, dos personagens, dos lugares e por aí vai, mas decidi escrever somente sobre o impacto que a leitura teve na minha humilde vida de leitora e que sem dúvida foi a melhor possível.
Enfim, Alane nos presenteia com uma história capaz de levar o leitor do sorriso às lágrimas em um piscar de olhos e sem muito esforço devido ao conteúdo lindamente escrito especialmente para cativar e viciar.
Por duas ou três vezes eu precisei interromper a leitura e chamar a autora no facebook para pedir a ela que me revelasse o grande mistério que envolve a trama, é claro que ela não me revelou nada, hehehe, mas o livro estava me consumindo de uma tal maneira que eu precisava tentar... Alane tornou-se rapidamente uma das autoras mais queridas e respeitadas por mim não só como escritora mas também como pessoa por ser sempre tão afável e carinhosa, me considero uma pessoa de sorte por poder conhecer seu trabalho e afirmar que foi um dos melhores livros nacionais que li nos últimos tempos, sem exageros.

“O Trio” é maravilhoso!

“É admirável o absurdo de seus motivos! Por isso, quem tem aqui razão suficiente para querer arrancar os cabelos de raiva, sou eu! Mas, ao contrário, estou tão aliviado que as coisas se esclareceram finalmente, que não consigo sentir nada além que satisfação e nem gostar de você menos que antes.” Pág. 436

Principais personagens do livro: Ana, Nicolas, Yola, Leonor, Jordan, Nelson e Davi.

O Trio - Davi, Nelson e Jordan


15 comentários :

  1. quantas páginas tem esse livro? deve ser enoooorme né? hahaha
    ótima resenha, adorei!
    e as caricaturas são demais :D

    ResponderExcluir
  2. que linda resenha vanessa, Alane deve estar orgulhosa, realmente eu tb acho super dificil resenhar um livro que agente goste muito, passei pela mesma situação pela resenha que fiz e q postei hj no blog, é complicado as vezes...
    mais parabéns, eu adorei...

    beijoss
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. hummmmmmmmmmmmmmmm adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    saber bezossssssss

    http://guriabunitabykhen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Van, é muito perceptível o quanto este livro te tocou e você acabou contagiando nós leitores também com o seu entusiasmo, eu acho que lembro de uma postagem em que você anunciou a parceria, estou certa? Fico feliz com nossa literatura brasileira.

    Laura

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Vanessa,

    Já tinha gostado do livro pela sinopse e a sua resenha ficou muito boa e me deixou curioso...parabéns, boa dica....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, pessoal!!
    Não é muito grande não, Rayme! A Vanessa leu rapidinho, e olha que já li aqui que ela disse que demora para terminar a leitura de um livro! :x E realmente estou orgulhosa! *----* Mais que isso, aliás, estou em estado de choque! rsrsrs Já disse a ela que fez de mim uma pessoa muito feliz com essa resenha, é maravilhoso uma pessoa falar dessa forma absurdamente linda de algo que fizemos com tanto carinho! Dá vontade de pegar a Vanessa no colo e não soltar nunca mais! rsrs
    Mais uma vez e sempre, obrigada, Vanessa!!!!
    Um grande beijo em todos!!!

    ResponderExcluir
  7. Sandra Maria Rosário5 de julho de 2012 09:42

    Vanessa, estes desenhos aguçam nossa curiodidade, este parece ser um livro de garra e perserverança e que possui algo a nos ensinar, como não querer ler algo assim? Parabéns por sua resenha.

    ResponderExcluir
  8. tenho que ler este livro
    http://vcmaisfashion.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gostei do enredo ele parece ser bem diferente dos gêneros, que leio normalmente, dica mais que anotada.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, mas fiquei bem curiosa, ele é bem grandinho né? E ainda é uma história "normal" me animou mais ainda!


    beijos
    Luana - Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  11. Oi Van,
    Não conhecia o livro, mas quando terminei de ler a sua resenha fiquei muito curiosa.
    Ele deve ser um livro que envolve mesmo o leitor, senti isso pela sua resenha, sabe.
    Gosto de leituras que, além de entreter, ainda nos dá algum ensinamento.
    Otima resenha.

    bjinhuxxx
    Eu li e Divulgo
    http://euliedivulgo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Vanessa!
    Estou lendo "O Trio" e sentindo todos estes sentimentos que vc descreveu. A riqueza de detalhes faz com que eu me torne um personagem da história.Já cheguei a passar o dia triste por uma trajédia que aconteceu com um dos personagens. Eu não tenho o hábito de ler( ainda mais um livro com mais de 500 páginas...rsrs) mas eu estou viciada no livro.Cada minuto livre eu estou com ele nas mãos e não vejo a hora de saber o final dessa história tão envolvente.A escritora além de meiga,talentosa e carismática é super amiga.Estou super feliz por ela, pelo sucesso do livro, pois ela é muito merecedora.Tenho que revelar que a mesma possui outras obras e estou anciosa para conhecê-las. Quem ler O TRIO terá uma experiência emocionate, pois é isso que está acontecendo comigo.

    CILEIA LEITE ( A fã nº 1) rsrs

    ResponderExcluir
  13. Gosto de livros assim, envolventes
    E apesar de não conhece-lo antes
    A resenha chamou bastante a minha atenção

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Sandra Maria Rosário10 de julho de 2012 04:56

    Bom dia Vanessa, como vais?
    Então, pela sua resenha parece que temos aqui um livro de ótima qualidade e de autoria nacional, é a nossa literatura florescendo, o que deveria nos deixar muito feliz pois a qualidade dos livros brasileiros vem crescendo a cada dia.
    Parabéns por sua resenha.

    ResponderExcluir
  15. Owwn
    Estou mais ansiosa para estar lendo!
    creio que irei me identificar bastante com o livro, pois antes de vim ao Sul cheguei a passar por essas situações mencionada em tua resenha!

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...